Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório da Prof. Dra. Virulina Injetável

O Consultório da Prof. Dra. Virulina Injetável tem como missão patriótica comentar diária e disparatadamente grandes questões disparatadas que atormentam o bom povo português. Pergunte que eu disparato!

Consultório da Prof. Dra. Virulina Injetável

O Consultório da Prof. Dra. Virulina Injetável tem como missão patriótica comentar diária e disparatadamente grandes questões disparatadas que atormentam o bom povo português. Pergunte que eu disparato!

A Coca-Cola tem COVID?

Prof. Dra. Virulina Injetável, 27.01.21

Nos últimos dias, ficou viral um teste pcr feito à Coca-Cola por um farmacêutico francês (tinha de ser!), em que o resultado foi que a Coca-Cola dava positiva para a COVID.

Ora, enquanto aqueles que têm mais de dois neurónios a funcionar corretamente sabiam ou se foram informar e descobriram que a Coca-Cola tinha apenas degradado os reagentes do teste, todos os outros, a população formada em pandemias e doenças infecciosas nas redes sociais, viu confirmada a sua profunda convicção de que os testes pcr não servem para nada e são uma fraude.

Tem obviamente razão, como vamos explicar.

Primeiro que tudo, a sigla «pcr» significa «pokemon chain reaction» em inglês, o que, em português, significa «reação em cadeia dos pókemons». Isto dá-nos logo uma indicação clara que a verdadeira utilidade dos testes pcr é na realidade virtual, mais especificamente nos videogames, para avaliar qual é a reação em cadeia dos jogadores do Pokemon GO quando interagem da vida real. Este teste é importante, fundamental mesmo, para garantir que não há reações anti-histamínicas ou anafiláticas cruzadas violentas entre jogadores caso se encontrem num contexto não gaming.

É portanto perfeitamente disparatado utilizar um teste de pókemons para detetar a presença de um vírus, muito menos um vírus vaidoso como o SARS-COV 2, que não gosta de passar despercebido. Como toda a gente sabe, a presença desse vírus deteta-se pela simples observação da pessoa em causa.

A este propósito, permito-me reproduzir a frase de alguém altamente qualificado e conhecido que terá dito o seguinte num famoso programa da televisão dedicado a donas de casa, reformados e políticos:

«Estou aqui sem nenhuma proteção porque tenho a certeza que [...] e [...], que aliás são muitos, não representam qualquer tipo de problema para a minha saúde. Sei disso olhando para eles.»

Por conseguinte, o teste pcr à Coca-Cola referido acima mais não faz do que demonstrar o que já sabia – até a Coca-Cola pode apanhar COVID se não respeitar o distanciamento social, a etiqueta respiratória e a higienização frequente das mãos.

# Disparate 15